Publicidade:

Pessoal do geo, estou com uma dúvida: quando usamos um software para gerar o memorial na 3ª ed. NTGIR, os azimutes e distâncias ficam um pouco diferentes do retorno do sigef. Os cartórios e o próprio sigef aceitam bem na hora da confirmação?

MA Maurovieirabuenojunior perguntou em 28 August 2017, 16:45
3 respostas / 455 visualizações / 0 gostei
WI

Na verdade, é incrível como ele faz isso; já que para fazer a averbação é obrigatório a apresentação da certificação carimbada pelo INCRA.

MA

Olá Willian. Tudo bem? Ajudou bastante. Ouvi de um colega que ele primeiro averbava a retificação com memorial conforme 3ª ed. NTGIR e quando averbada, apresentava a planilha ao sigef para certificação e em seguida mandava a certidão da retificação para confirmação. Mas deve ser arriscado. Parece que, pelo menos por enquanto, é melhor certificar no sigef, importar os arquivos de retorno e reconstituir planta e memorial pra só então ir ao cartório.

WI

Olá caro Mauro, tudo bem?

 

Atualmente todos os softwares apresentam estas variações, infelizmente.

 

No caso, os cartórios não aceitam estas diferenças, ou seja, após certificado você precisará atualizar seus memoriais, mapas e tabelas de acordo com os resultados apresentados no memorial do INCRA. 

Se não houver este total compatibilidade entre as informações (memorial INCRA x memorial Cartório) você não conseguirá averbação.

 

O INCRA informou a pouco tempo que irá instanciar uma nova modalidade no SIGEF para simular o Geo mostrando os resultados antes de certificar. Esta atualização será bastante importante para todos os profissionais que por fim poderão analisar os resultados e atualizar seus documentos antes da certificação propriamente dita.

 

Espero ter ajudado.

 

Um forte abraço,

 

Willian Oliveira